Newsletter

24 ago 20

Mais de 20 anos se passaram! Sim, eu sei que soa nostálgico e até um tanto exagerado, mas na verdade não é!  É verdadeiro e surpreendente, ao menos para mim.

Faz mais de duas décadas desde a última vez que eu estudei e testei as 100 sequências básicas do método Kaiut Yoga em meu próprio corpo. Após experimentar a eficiência delas, me especializei na aplicação e no uso prático das sequências para mitigar questões ligadas ao envelhecimento, dores, doenças crônicas, traumas entre outros males que atingem as pessoas.

Sempre pensei nos alunos e para os alunos. Tanto que agora, estou revisitando o programa exatamente como eu sugiro nos meus cursos e isso tem sido um verdadeiro presente para mim. Afinal, eu pude comprovar não apenas a eficiência de cada aula, mas também da sequência de aulas.

Nesta jornada, faço cada aula no mínimo duas vezes. Uma em inglês, outra em português. Às vezes, faço uma terceira vez para conferir e analisar pontos específicos. É neste momento que me deparo com algo ainda melhor ou mais surpreendente do que eu me lembrava. A cada dia tenho escrutinado e dissecado uma aula inteira!

  Fico com a sensação de que as 100 sequências básicas foram tatuadas no meu peito. Então, memorizo, aprofundo e aplico a lógica da homeopatia: o aumento da diluição intensifica a potência.

 Por isso, posso dizer: quanto mais inteligentes, cuidadosos e sutis formos neste processo, mais eficientes nos tornamos. Genial esse negócio de yoga, não é mesmo?

O processo de praticar a mesma aula, várias horas por dia, mexeu tanto comigo que precisei mudar a minha prática regular. Tamanho foram o resultado e a eficiência que reduzi tanto a frequência quanto a intensidade. Acabei decidindo parar tudo e ficar apenas com as “100”, assim posso me dedicar à análise profunda dos resultados sem outras interferências.

Antes, praticava de 4 a 5 horas por dia. Agora, apenas 2h30 no máximo. Olha, este curso de 100 aulas é um símbolo de simplicidade e eficiência. Placa motora, respostas musculares, mobilidade articular, enfim, tá tudo voando!

 Poder viver tudo isso, com a minha experiência de hoje, está sendo um marco na minha carreira e no meu processo de estudo. Estou grato como jamais estive!

 Da minha parte, eu ando chocado e feliz. Tenho muito resultado, muita liberdade e muito tônus. Tudo junto e misturado. Tudo vindo de meia dúzia de posições muito simples, combinadas de formas singulares. 

Pratique pessoa, pratique! Se a sua escolha for não, saiba que esta estagnação pode levar a um envelhecimento desnecessário.

Hoje, chegando aos 50 anos, meu corpo está aproveitando a melhor forma, a melhor mobilidade e o melhor conforto da sua história. Eu testo limites, e com certeza reinvento ideias e conceitos!

Não planejo renunciar às minhas conquistas… Ao contrário, acho que essa minha história de como reinventar o envelhecimento humano está apenas começando.

Os professores que praticam regularmente comigo costumam relatar não apenas mudanças físicas e experiências muito positivas, mas especialmente grandes saltos na compreensão do método. Não desperdice esta oportunidade! Desapegue-se daquilo que você acha ser o melhor e mergulhe no estudo.

Minha professora mais antiga tem praticado com o marido. Ela é muito experiente e ele, cheio de acidentes e cirurgias. Ambos, diariamente na mesma sequência, estão colhendo experiências incríveis e únicas, assim como eu!

Lamento a escolha de muitos professores que optaram por mixar as sequências com aulas e práticas deste e de outros métodos. E ainda alterando a ordem, perdendo a oportunidade de expandir a sua compreensão das aulas e da sequência delas. Mas entendo que cada um de nós precisa descobrir qual é a melhor maneira de aprender.

Yoga é mais! Por favor, não se satisfaça com pouco. Este método é inclusivo como poucas coisas nesta vida.

→ e se você não pratica…

Comece a expor seu corpo e mente para atividades novas, use seu corpo. Identifique seus lados positivos e interaja com eles. Tente, a todo custo, não engajar com seus lados negativos… a prática do yoga é ótima nesse sentido, mostrando sempre os caminhos mais alinhados com sua saúde.

Acredite, no médio prazo, a falta de uma prática consistente será notada. Professores sem uma prática sólida são professores ruins. Apenas a prática leva à compreensão da linguagem, das sequências, do método, do propósito e da forma como o resultado precisa ser entregue para cada aluno.

Professores sem prática até passam despercebidos quando eles são talentosos na comunicação, mas apenas por algum tempo. E isso é insustentável. Então, pratique!

O que está surgindo, neste lugar de pesquisa pessoal e privada, é um movimento articular consistente como otimizador metabólico e organizador eficiente do sistema nervoso. Ele está alinhado com a natureza mais básica e original do ser humano. E nos faz recuperar a maneira original que a natureza nos preparou para operar: com uma necessidade muito baixa de comida e de atividades físicas, um grau de foco tremendo e absolutamente nenhuma ansiedade.

Esse é o caminho que a prática provê e que eu vou começar a trazer para o público aos poucos. Isso está acontecendo comigo, estou experimentando um estado otimizado de vida, com muito pouco gasto energético e com muita disponibilidade de vitalidade.

Ter autoestima, vigor físico, mental e emocional não é exceção. Este é o nosso estado básico por natureza.

Namastê,
Francisco Kaiut.

Escola Online Kaiut Yoga.
Seu corpo independente e inteligente.